Estácio São Luís perde alunos após demissão em massa de professores



Depois de efetuar demissão em massa de professores e funcionários administrativo no semestre passado, a Faculdade Estácio São Luís apresenta dificuldades para captar e manter alunos matriculados na instituição.

Segundo um funcionário, que prefere o anonimato por medo de represália, os cursos que mais perderam alunos foram os de Jornalismo e Publicidade.

Ainda segundo o funcionário, o curso de Jornalismo possuí apenas 4 professores e os laboratório de Rádio e TV ainda utilizam equipamentos antigos, que não estimulam o aluno a permanecer na faculdade.

A Rádio Experimental, de acordo com informações, foi desativada há mais de três anos após uma visita de fiscais do Escritório Central de Arrecadação (ECAD). O diretor da Faculdade teria prometido reativar, mas nenhuma providência foi tomada até agora.

A mensalidade cobrada pela Faculdade é alta e tem gerado muitas reclamações e contribuído também para afastar dezenas de alunos. Outro motivo de reclamação é a cobrança de juros exorbitantes por parte de Assessorias de Cobranças ligadas a Instituição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário