Medo e insegurança na Estácio



Funcionários da Faculdade Estácio São Luís estão trabalhando sob a ameaça e o medo de serem demitidos. Na última semana, 20 professores e mais 10 funcionários do apoio administrativos foram dispensados.

Segundo informações, as demissões vão recomeçar no próximo dia 15, quando está previsto a demissão de outros 10 trabalhadores.

De acordo com um funcionário, que prefere o anonimato por medo de represália, em dezembro novas demissões ocorrerão. Os professores e coordenadores que vieram da antiga Faculdade São Luís serão substituídos.

Ainda de acordo com o funcionário, o novo gestor já está em São Luís e organizando o polo do bairro Calhau para implantação de novos cursos.

Ele já teria adiantado aos funcionários sua pretensão de transformar a Faculdade em Centro Universitário Estácio de São Luís.

Nenhum comentário:

Postar um comentário