Ministério do Trabalho neles



O Ministério do Trabalho precisa urgentemente enviar fiscais para verificar as condições de trabalho de centenas de trabalhadores da Empresa Canopus Construções, no bairro La belle Park, em Paço do Lumiar.

Segundo os trabalhadores, eles batem o cartão às 17h, mas em vez de irem para casa, são obrigados a retornarem ao trabalho pelo engenheiro responsável pela obra, que não aponta no final do mês as horas extras para serem pagas.

Ainda segundo os funcionários, quando alguém reclama o engenheiro responde em tom ameaçador: o portão está cheio de gente querendo trabalhar.

De acordo com os trabalhadores, os engenheiros afirmam que a ordem para trabalhar além do horário normal partiu do dono da empresa, identificado apenas como Seu Parmênio Carvalho, que estaria visando apenas o lucro.

Ainda de acordo com os funcionários, mesmo com os casos recentes de queda de raios no Brasil, eles são obrigados a concretar lajes com estrutura de ferro em meio a relâmpagos e trovões.

Os trabalhadores também reclamam da ausência do Sindicato da categoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário