Agentes de Saúde e de Endemias entram em greve em São Luís

Agentes de Saúde reivindicam pagamento de salários e vale transporte

Jean Gaspar
Especial para o
Portal do Itaqui-Bacanga

Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate à Endemias (ACE) de São Luís decidiram na manhã desta terça-feira (9), durante assembleia, permanecer em greve geral por tempo indeterminado.

A categoria reivindica o pagamento do piso salarial aprovado pelo Governo Federal no início do ano e do vale transporte, que segundo eles, há cinco messes não vem sendo repassado pela prefeitura.

Eles reivindicam também, o cumprimento da lei 6.543/19 que garante a transposição de Regime Celetista para estatutário aprovado na Câmara Municipal, em fevereiro.
   
Na quinta-feira (11) os agendes de Saúde e de Endemias fazem uma nova manifestação em frente à prefeitura, mas antes vão à Câmara pedir o apoio dos vereadores.  

Segundo a presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde, Flor de Lis, enquanto as reivindicações não forem atendidas pelo prefeito Edivaldo Holanda a greve geral continua.

“Permaneceremos em greve geral enquanto nossas reivindicações não forem atendidas”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário