Mostra de Talentos da Prefeitura apresenta trabalhos artísticos realizados por idosos do Caisi

Trabalhos manuais foram um dos destaques da Mostra de Talentos do Caisi
Artesanato, gastronomia, teatro, dança, música, entre outras formas de expressões artísticas marcaram a quarta edição da Mostra de Talentos do Centro de Atenção Integral à Saúde do Idoso (Caisi), da Prefeitura de São Luís, realizada nesta quinta-feira (8), na Casa do Maranhão, no Centro Histórico da capital.

Na exposição, idosos atendidos pela instituição puderam expor seus talentos artísticos e, ainda, participar de palestras e apresentações musicais, de dança e de canto coral. A ação integra a política de valorização da pessoa idosa implantada na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destacou a importância da iniciativa para a promoção de ações que visem à saúde emocional, intelectual e física dos idosos.

"A Mostra de Talentos é mais um espaço criado com o objetivo de evidenciar o talento de nossos idosos e promover momentos saudáveis de vivência social. Além de tirá-los da ociosidade, o evento tem como propósito valorizar e estimular as diversas práticas artísticas desenvolvidas por esse público que tem muito a mostrar e a ensinar às novas gerações", observou Lula Fylho.

Mais de 40 idosos participaram da mostra expondo produtos artesanais diversos, como peças em crochê e bordados; objetos funcionais e decorativos feitos com diferentes matérias primas; tapeçaria, pintura em tecido, além de declamação de poesias e mostra de comidas típicas regionais. Todos os produtos apresentados no evento estavam à venda.

A programação conta ainda com atrações culturais, como a apresentação musical do grupo de dança Fios de Prata; rodas de carimbó, apresentação dos corais Vozes do Tempo, da Unabi e da Uema.

Ainda entre as atividades da mostra foi realiza palestra ministrada pelo personagem 'Cidadão Limpeza" sobre descarte correto de resíduo e sustentabilidade. O evento encerrou com show do artista maranhense Gabriel Melônio. A quarta edição da Mostra de Talentos do Caisi tem como tema 'A Arte a Caminho da Sustentabilidade'.

"O evento tem como foco apresentar à população os resultados do trabalho desenvolvido no Caisi e dar maior visibilidade às artes produzidas pelos idosos. Além disso, também queremos que a sociedade conheça um pouco mais a instituição e o trabalho que nela desenvolvemos", afirmou o diretor geral do Caisi, Paulo França.

Os idosos que participam da mostra integram as atividades do Caisi nas áreas de arteterapia e musicoterapia, como a aposentada Ivonete Campelo, 72 anos. Na mostra, ela apresentou alguns de seus mais belos trabalhos confeccionados em crochê e ponto cruz, como toalhas, tapetes, panos de pratos, entre outros produtos.

"Considero a mostra um importante momento de valorização da nossa arte e de valorização dos produtos que confeccionamos com tanta dedicação e carinho. Isso nos dá vivacidade e alegria", ressaltou Ivonete Campelo.

A também aposentada Clemência Santos, 65 anos, corrobora com o mesmo pensamento. "A mostra é uma oportunidade a mais que temos para apresentarmos e vendermos o que de melhor produzimos. Além disso, o evento é um grande encontro entre todos os integrantes da instituição, onde poderemos cantar, dançar e conversar", disse ela. Integrantes da Universidade Aberta da Terceira Idade/Unabi, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) também participam da mostra.

ATENÇÃO AO IDOSO

São mais de 18 mil idosos cadastrados no Centro de Atenção Integral à Saúde do Idoso (Caisi), com média de 13 mil atendimentos por mês, sendo individual e em grupos. Os idosos contam com a assistência prestada através de grupos de convivência sobre saúde do homem, hidroginástica, artes manuais, pilates, coral, dança e terapia familiar.

O centro oferece também serviços especializados na área de saúde - consultas médicas em geriatria, educação física, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional, fisioterapia, serviço social, além dos grupos terapêuticos (arteterapia, memória, convivência e outros).

Nenhum comentário:

Postar um comentário