Crise na campanha de Eliziane Gama



A exemplo do que aconteceu em 2016, Eliziane Gama troca mais uma vez o comando da sua campanha de marketing. Comandada por Juliano Corbellini, a equipe entrou em rota de conflito com o marido da deputada federal, Inácio Marques. Após essa nova confusão, o marqueteiro anunciou que não fica mais e um novo nome já está sendo procurado.

Na campanha para a Prefeitura de São Luís, ocorreu o mesmo problema. Na época, o publicitário baiano João Santos era o responsável por coordenar a campanha de Eliziane Gama, que liderava a disputa. Porém, após a troca do comando, ela despencou nas pesquisas e acabou terminando a eleição com apenas 6%.

A troca do alto comando da campanha de Eliziane Gama, mostra mais uma vez seu perfil instável e que demonstra total falta de capacidade de representar o Maranhão no Congresso Nacional, afinal a falta de habilidade não permite que ela consiga conduzir uma campanha, imagine o mandato como senadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário